Leo Stronda divulga robô de trading de empresa proibida pela CVM

O cantor e youtuber Leonardo Schulz Cardoso, conhecido como Leo Stronda, publicou um vídeo divulgando um robô de trading de uma empresa recentemente proibida pela CVM (Comissão de Investimentos Mobiliários) de ofertar investimentos no Brasil.

Conforme reportou o Portal do Bitcoin, o robô intitulado HQuant pertence à Harrison Investimentos, que recebeu uma Stop Order da CVM no dia 21 de maio, com multa diária de R$1.000 em caso de descumprimento.

No vídeo, Stronda diz que o robô de trading garante rendimentos de 2% a 3% ao dia, e alega que já faz investimentos com a empresa, além de ter feito até um curso de day trader oferecido pela Harrison.

“Esse robô ajuda você, sim, a amenizar os riscos e aumentar seus lucros diários”, diz o cantor.

“Com R$ 1.000 na segunda-feira, usando o robô, ele deu R$ 24, ou seja, 2% do meu investimento no dia. E terça-feira ele deu R$ 32, ou seja, 3%. Onde você vai investir seu dinheiro e vai tirar 2% a 3% por dia? Diz pra mim.”

Para o youtuber, “se você não entendeu, ou é burro ou não quer ver a verdade na tua cara”.

Em tom de ironia, o sócio-fundador e analista de fundos da Nord Research, Ricardo Breia, criticou a propaganda, declarando:

“Uma aula de como ganhar dinheiro fácil: “robô daytrader”, disse.

Ultimas notícias