Malafaia sai em defesa de Magno Malta e critica Barroso: “Cretino e covarde”

O pastor Silas Malafaia se manifestou após o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), acionar a Justiça contra o ex-senador Magno Malta.

O líder religioso usou as redes sociais, nesta quarta-feira (15), para criticar a queixa-crime apresentada contra Magno Malta.

O ministro Barroso decidiu ir à Justiça após o ex-senador afirmar que poderia provar que ele batia em mulher. A declaração aconteceu durante participação no CPAC Brasil, realizado no último fim de semana em Campinas (SP).

A queixa-crime foi apresentada ao próprio STF, e o ministro Alexandre de Moraes deu um prazo de 15 dias para o ex-senador de manifestar.

“Povo abençoado do Brasil, o absurdo dos absurdos! Você vai entender a história. Magno Malta quando era senador, no plenário do Senado, abriu a boca dizendo que para Barroso ser ministro do STF, o processo de acusação de que ele bateu em mulher foi arquivado em tempo recorde. Barroso não moveu nada contra Magno Malta [naquela época]. Passaram-se anos [e] agora, numa palestra, Magno Malta repete a história. Sabe o que Barroso faz? [Ele] encaminha uma queixa-crime para o ditador-mor da toga, [ministro] Alexandre de Mores. O que tem a ver isso? Que conversa é essa? Se já não bastasse o inquérito ilegal das fake news. Agora, em vez de ele entrar na primeira instância (…) o senhor Barroso e o senhor Alexandre de Moraes estão dizendo que a primeira instância da Justiça brasileira não vale porcaria nenhuma, que a segunda instância da Justiça brasileira não vale porcaria nenhuma, que a terceira instância da Justiça brasileira não vale porcaria nenhuma, que o Ministério Público não vale porcaria nenhuma. (…) Isso é uma aberração, isso é uma afronta. Se eu sou Magno malta, eu não respondia nada, eu entrava na Comissão Interamericana de Direitos Humanos e fazia uma denúncia. O devido processo legal jogado no lixo! O que esses caras pensam? Barroso, você é um cínico, cretino e covarde. Eu queria que alguém encaminhasse uma notícia contra mim pra ver se eu dava resposta. Ia ter que me prender pra ter uma balbúrdia nesse país pra esses caras caírem. Fica aqui o meu protesto e a minha indignação. Deus nos livre dessa gente má, que usa o poder para transgredir a lei e a Constituição”,  falou o pastor.

Ultimas notícias