Marido simula morte da filha após suposta traição da mulher: “Já era”

Um homem foi detido, na madrugada desta sexta-feira (11/3), após enviar uma foto da filha supostamente morta à esposa e ameaçá-la. O casal e a filha deixaram o Amazonas, no Norte do país, e viajaram pouco mais de 3 mil quilômetros para acompanhar uma sobrinha que faz tratamento contra um câncer em Curitiba, no Paraná.


De acordo com informações apuradas pela reportagem da Banda B, a família deixou Manaus, capital amazonense, e alugou um imóvel na capital paranaense por meio de um aplicativo.

A confusão teria começado após o marido ter feito uma chamada de vídeo com a esposa, por volta das 23h, e ter percebido a presença de um médico na sala onde a sobrinha da mulher era atendida. Em seguida, o suspeito teria xingado a esposa e afirmado que ela estaria o traindo com o profissional da saúde.

Ele, então, passou a enviar mensagens à mulher dizendo que “agora já era” e “agora manda a polícia”. Além disso, publicou no status do aplicativo: “O que eu fiz senhor” e “Deus não me perdoe pelo que fiz. Não aguentava mais”.

Ultimas notícias