Namorada de advogado criminalista espancado até a morte é presa

A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu, temporariamente, a namorada do advogado criminalista Carlos Eduardo Martins Lima de 31 anos. Cadu, como era conhecido na Grande Porto Alegre, foi encontrado morto no início deste mês em Florianópolis.

Além dela, mais quatro pessoas estão presas pelo crime. Ela, segundo a polícia, não deu detalhes. O corpo do advogado foi encontrado por populares que ligaram para o 190.

O crime

Segundo a polícia, o corpo apresentava perfurações na área da cintura. Conforme os investigadores da Delegacia de Homicídios, os ferimentos não foram feitos com uma faca e, sim, com algum objeto pontiagudo que ainda não foi identificado. Porém, um laudo inicial do Instituto de Criminalística de Santa Catarina, aponta que ele foi espancado até a morte. Há lesões, inclusive, na cabeça.

O carro da vítima, um BMW de cor branca, foi localizado mais tarde no mesmo bairro. Conforme a polícia, a documentação e o celular da vítima não foram encontrados.

Ultimas notícias