Rússia faz aceno inédito e envia proposta de acordo de paz à Ucrânia

A Rússia entregou uma proposta de acordo de paz à Ucrânia. O aceno, até então inédito, é a investida mais forte do Kremlin para por fim aos bombardeios, iniciados em 24 de fevereiro.


Nesta quarta-feira (20/4), o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou, segundo agências internacionais de notícias, que aguarda a resposta de Kiev sobre a proposta. Até então, Rússia e Ucrânia haviam apresentado somente condições para negociar.

“O documento que hoje apresentamos é o nosso projeto e inclui reformulações absolutamente claras e desenvolvidas. A bola está do lado deles [Ucrânia], estamos à espera de uma resposta”, frisou Peskov.

Ele completou: “Mas reitero mais uma vez a dinâmica do trabalho do lado ucraniano deixa muito a desejar, os ucranianos não mostram uma grande vontade em intensificar o processo de conversações.”

Em março, a Ucrânia apresentou à Rússia o seu projeto de acordo em Istambul, onde as duas partes negociaram um hipotético fim do conflito.

A Rússia e a Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Otan, entidade militar coordenada pelos Estados Unidos.

Na prática, Moscou vê essa possibilidade como uma ameaça à sua segurança. Sob essa alegação, invadiu o país liderado por Zelensky, em 24 de fevereiro. A guerra completa, nesta quarta-feira, 56 dias.

Ultimas notícias